Zenilda Ribeiro
Escrever é um ato libertador e uma forma de me reinventar.
Textos
Versos ao vento

Teu sopro
Meu corpo
Acaricia
E contagia
De uma energia
Ou da magia
Que trazes
E levas
Nas levas
Da vida
E passas
Levando
Resquícios
De de sujeiras
De pensamentos
E sentimentos
Deixas o frescor
E o sabor
Renovado
Na pele
Na alma
Na vida
Na natureza
Pois tua natureza
É soprar
Trazer e levar
Nunca parar
Sempre avançar
Vento matinal
Sopra em meu quintal
E me tocas
De forma divinal.
Zenilda Ribeiro
Enviado por Zenilda Ribeiro em 29/09/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
Site do Escritor criado por Recanto das Letras