Zenilda Ribeiro
Escrever é um ato libertador e uma forma de me reinventar.
Textos
Mais um passo

Cada dia
Mais um passo
Um dia largo
Outro vago
Na imensidão
Às vezes
Na contramão
Quando a mão
Me é contrária
Sigo firme
Caindo, levantando
Curando, se curando
Amando e se amando
Crendo e sendo
Florescendo
Em terras férteis
Ou áridas
Desse terreno
Da existência
Sem demência
Na persistência
Com paciência
Para que o amor
Tudo vença.
Zenilda Ribeiro
Enviado por Zenilda Ribeiro em 30/09/2020
Alterado em 30/09/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
Site do Escritor criado por Recanto das Letras