Zenilda Ribeiro
Escrever é um ato libertador e uma forma de me reinventar.
Textos
O vinho acabou?

"Eles não têm mais vinho"
"A minha hora ainda não chegou"
"Fazei tudo o que Ele vos disser"
(Jo. 2, 3-5)


Três falas
Uma constatação
Um argumento
Uma afirmação
Um milagre
A transformação
Da falta para a farta
Do copo vazio
Para o copo cheio
Transbordante
Da necessidade
Para abundância
Do vexame
Para a satisfação
Porque o vinho
Não pode faltar
A festa
Não pode parar
A alegria
Precisa transbordar
Encher as talhas
Das nossas almas
Transbordar nas taças
Do amor que servimos
Do amor que nutrimos
Nos sorrisos
Nos gestos
Nas atitudes
Que não nos falte
O vinho e a fé
De pedir e saber
Que já é
Já é milagre
Acordar
E estar de pé
Célebre e não permita
Que se acabe o vinho
Nem o café
O vinho, a festa, a alegria
O café, o calor, o sabor
Que lembra a fé
Porque cá há fé.
Zenilda Ribeiro
Enviado por Zenilda Ribeiro em 12/10/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
Site do Escritor criado por Recanto das Letras