Zenilda Ribeiro
Escrever é um ato libertador e uma forma de me reinventar.
Textos
Passageiros

Passageiros
Passantes
Que passam
E olham
E contemplam
E se alegram
Com a tela
Sendo pintada
Cada dia
Colorida
Ou só passam
Não olham
Não veem
Não sentem
Da vida
O cheiro
O sabor
Passageiros
Somos
Viajantes
Neste mundo
De muitas
Passagens
De muitas
Paisagens
Passe e olhe
Sinta, toque
Ame o que vê
e sente e toca
Viva a viagem
Siga a viagem
A parada
Final
Não se sabe
Aproveite
As paradas
Intermediárias
E as partidas.
Zenilda Ribeiro
Enviado por Zenilda Ribeiro em 21/10/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
Site do Escritor criado por Recanto das Letras