Zenilda Ribeiro
Escrever é um ato libertador e uma forma de me reinventar.
Textos
Ao amor

Um poema ao criador
Um poema ao amor
Que na dor e na fragilidade
Se torna ainda mais amor
Revelando eternidade
Em meio à instabilidade
E transitoriedade
Na mais perfeita cumplicidade
De dois seres enamorados
Que um dia disseram sim
Que por 64 anos
Todos os dias dizem sim
Dizem sim à paciência
Dizem sim à compreensão
Dizem sim ao companheirismo
Dizem sim ao diálogo
Apesar das limitações
Apesar das dificuldades
Apesar das decepções
Apesar das inseguranças
Eles seguem dizendo sim
Sim à vida
Sim ao amor
Sim à família
Sim ao criador
Que os uniu
No amor
Pelo amor
E para o amor.
Zenilda Ribeiro
Enviado por Zenilda Ribeiro em 14/12/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
Site do Escritor criado por Recanto das Letras