Zenilda Ribeiro
Escrever é um ato libertador e uma forma de me reinventar.
Textos
Quaresma

Recolhe-te
Olha-te
Fica a sós
Só contigo
Só com Ele
E ora
E chora, se preciso for
E olha, teu interior
Acolhe-te
Abre a porta
E adentra
Teu ser
Na busca pra ser
Sê inteira
Sê inteiro
Seja, só
Só precisas ser
Encare e aceite
As vulnerabilidades
Olha pro lado
Abre tua mão
Compartilha
O que tens
O que és
Corta os excessos
De culpa,
De ódio
De ressentimento
Excessos de passado
Deixa que passem
E fiquem no passado
Sê livre
E em liberdade
Sentirás a leveza
Passarás o deserto
Rumo à Terra Prometida
Ressurgirás.
Zenilda Ribeiro
Enviado por Zenilda Ribeiro em 17/02/2021
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
Site do Escritor criado por Recanto das Letras